Dia dos Namorados em 2024: 70% dos empresários esperam vender mais

O Dia dos Namorados se aproxima e uma pesquisa realizada pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) com empresários da Capital revela que grande parte da classe aposta na data comemorativa de 12 de junho para movimentar seus negócios. O levantamento mostra que 70% dos entrevistados esperam superar as vendas em comparação com o mesmo período do ano passado.     Em relação ao percentual de crescimento, 32% dos empresários creem que podem superar o movimento em mais de 10%; 30% dos respondentes acreditam que venderão entre 11% e 20% a mais; 7% esperam faturar acima de 21% em 2024. Para 24,53% dos empresários, o movimento será igual a 2023. E 5,66% responderam que as vendas devem ser menores este ano.    A pesquisa também mostra a expectativa dos empresários em relação ao ticket médio de vendas. Para 44,23% dos entrevistados, os consumidores devem gastar entre R$51 e R$100. Já 38,46% dos empresários esperam vender entre R$101 e R$200.     Para cerca de 11%, o valor médio do presente deve ultrapassar os R$ 200. E para um pequeno grupo de quase 5% dos entrevistados, a expectativa é que os consumidores gastem em torno de R$ 50.       O presidente da ACICG, Renato Paniago, destaca os principais tipos de presentes vendidos para celebrar o Dia dos Namorados. “Itens de perfumaria e cosméticos, acessórios, vestuário, calçados e flores são muito procurados nessa data, mas além do varejo, serviços de alimentação também ganham maior movimento, principalmente bares e restaurantes, que são a escolha de muitos casais para comemorar”, explica.       Os empresários de Campo Grande estão otimistas e preparados para os consumidores. A maior parte dos entrevistados sinalizou que vai oferecer facilidade de pagamento e ofertas exclusivas para atrair os consumidores. Participaram da pesquisa Perspectivas para o Dia dos Namorados em 2024, 104 empresários da Capital ligados aos setores de vestuário, perfumaria, eletrônicos, floricultura, gastronomia, serviços, entre outros.

Maio Amarelo: Núcleo de Autoescolas da ACICG realiza caminhada no Parque das Nações no dia 30 de maio

Na próxima quinta-feira, 30/05, o Núcleo de Autoescolas da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande fará uma caminhada educativa dentro do Parque das Nações, às 8h, aberta à comunidade. A ação é para marcar o Maio Amarelo, um movimento internacional que busca mobilizar a sociedade em prol de um trânsito mais seguro. Após a caminhada, os participantes aprenderão mais sobre as regras de trânsito, a importância do uso do cinto de segurança e do capacete, além de receber dicas sobre como evitar acidentes no trânsito, entre outras informações. “Esse ano o tema do Maio Amarelo é a paz no trânsito começa por você. Por isso, queremos sensibilizar a população para a necessidade de mudar comportamentos e atitudes, pois acreditamos que essa conscientização pode contribuir significativamente para a redução de acidentes e mortes nas vias públicas”, afirma o coordenador do Núcleo de Autoescolas da ACICG, Dionnes Jorge. Esta é a segunda ação do grupo em prol do trânsito mais seguro e responsável. No último dia 18, o Núcleo de Autoescolas da ACICG promoveu uma distribuição de material educativo aos motoristas e pedestres na região central da Capital.

Confira as empresas que participarão do Dia D do Feirão do Imposto

Neste sábado (25/05) acontece o Dia D do Feirão do Imposto, ação em que estabelecimentos comerciais de Campo Grande venderão produtos com isenção de tributos ao consumidor. A iniciativa, realizada pelo Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), reúne mais de 20 empresas dos segmentos alimentício, cosméticos, vestuário, farmacêutico, acessórios, serviços de beleza, entre outros. “Os estabelecimentos vão comercializar alguns produtos sem a cobrança de impostos e destacarão o valor dos tributos na formação do preço do produto, para demonstrar ao consumidor o quanto é cobrado pelo governo para que o cidadão adquira o item ou serviço que precisa”, explicou o coordenador do CJE, Willyan Francescon.  Além de Mato Grosso do Sul, outros 16 estados brasileiros estão participando da campanha, criada pela Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), a fim de chamar a atenção para os altos impostos que afetam o dia a dia dos cidadãos e dos negócios. Empresas participantes A Casa Blanca Adega Bistrô comercializará chopp 340 ml por R$ 5,99. Fora da ação, o produto custa R$ 16,00. O restaurante está situado na R. Euclides da Cunha, 89, e o atendimento ocorrerá das 11h30 até as 22h30. Mais informações podem ser obtidas pelo número 99224-7747. O Pátio Central Shopping terá quatro lojas com itens selecionados disponíveis para os consumidores. A Badulaque apresentará brincos, colar e óculos, com reduções que variam de 40% a 66% nos preços. A First Class Home disponibilizará lençóis de solteiro e de casal, além de um tipo de tapete, com isenções de tributos oscilam de 21% a 26% no valor final do produto. A Chilli Beans terá quatro modelos de óculos com 15% de desconto, referente à retirada do imposto. A Anita Shoes também aderiu à ação e vai oferecer alguns produtos sem tributos. Ainda no Centro da cidade, a loja de roupas de ginástica Dasfit, na 7 de setembro, 1090, disponibilizará peças selecionadas sem impostos. O funcionamento será das 9h às 13h e mais detalhes podem ser obtidos pelo número 67 99904-7696. A Moniday, loja de aviamentos e artesanato localizada na Rua Maracaju, 388 – Centro, também participa da ação com alguns itens. O atendimento será das 7h30 às 17h. Mais informações pelo telefone 99605-1791. Serviços de beleza também integram a ação. O Studio Immanuelle Abraão Hair oferecerá unha acrílica com redução de 20% no preço e tratamentos capilares com até 30% de isenção. A empresa fica na Av. Dona Otilia Barcelos,531 no Jardim Jacy. O atendimento ocorrerá das 9h às 18h e mais detalhes podem ser obtidos pelo número 99343-0072.  O Studio Milena Ferreira, situado na Travessa Nelson Prudêncio,79, no bairro Vilas Boas, é outro estabelecimento que oferecerá tratamentos capilares sem imposto. O atendimento será das 7h às 18h. Mais informações pelo telefone 99102-2630. O segmento farmacêutico também participa esse ano. As 8 unidades da Farmácia Ultra Popular terão itens diversos com isenção do imposto. Os estabelecimentos estão localizados na Rua Doutor Arthur Jorge, 1836 – Centro; Rua Raquel de Queiroz, 928 – Aero Rancho; Rua Ministro José Linhares, 1014 – Vila Almeida; Rua Olímpio Klafke, 728 – Mata do Jacinto; Av Manoel da Costa Lima, 1492 – Piratininga; Av Tamandaré, 4682 – Jardim Seminário; Rua Yokohama, 1110 – Santo Amaro e Av Guaicurus, 3920 – Universitário. As lojas Zamanda Joias e Duzani Lingerie disponibilizam peças selecionadas sem o valor de impostos. Os estabelecimentos estão situados no mesmo endereço: Avenida Eduardo Elias Zahran,3.032, sala 11, e funcionarão das 8h às 11h30. Consumidores podem ter mais informações pelo telefone 99921-7954. Alimentação Empresas do segmento alimentício oferecerão produtos do cardápio com preços reduzidos. O Funky Fresh, situado na Travessa Ana Vani, 51 – sala comercial 01, apresentará a bebida cappuccino cacau, o prato tomato sun-dried risoto (sem proteína) e o drink moscow mule como opções sem impostos aos consumidores. O atendimento ocorrerá das 11h às 23h. O Gairdín Campo Grande disponibilizará o sanduíche Chicago, chá de frutas silvestres e café espresso. O estabelecimento funciona das 14h às 19h30 e está situado na R. Jerônimo Paes Benjamin, 91, Jd. São Bento. O Bifão da Coophasul e o boteco do Bifão também aderiram ao propósito da ação e oferecerão o bifão acebolado isento de impostos. As unidades funcionam, respectivamente, na Rua Cotagipe, 923, Coophasul e Rua Euclides da Cunha, 1.102, Jardim dos Estados, das 11h às 22h. Os restaurantes Vila Raiano Massas e Pizzas e Terroir Vino e Cucina, localizados respectivamente na Av. Mato Grosso, 2505 – Vila Suissa e Rua Vitório Zeolla, 735, Carandá Bosque, oferecerão pratos selecionados na ação, assim como o Bella Vecchia Parmê e Pizza, que atenderá exclusivamente pelo Ifood. Detalhes podem ser obtidos pelo telefone 98202-5736. O mercado natural Green Souk também disponibilizará produtos selecionados sem o valor dos tributos. O estabelecimento funciona das 8h às 13h, na Rua Marquês de Lavradio, 380, Tiradentes. Informações pelo número 98146-0154. Carga Tributária Até 24 de maio, os brasileiros já pagaram R$ 1,4 trilhão em impostos aos governos federais, estaduais e municipais. Os sul-mato-grossenses foram responsáveis por arrecadar mais de R$ 1,5 bilhão desse montante, segundo informações do Impostômetro.

Palestra sobre impactos da Reforma Tributária abre inscrições gratuitas na Capital

Estão abertas as inscrições para a palestra gratuita “Reforma Tributária e seus impactos”, que acontecerá no dia 6 de junho, às 19h, na Faculdade Insted, situada na Rua 26 de Agosto, 63, Centro da Capital. Idealizado pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) e pelo Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado de Mato Grosso do Sul (SEAC/MS), o evento é destinado a empreendedores de todos os portes e segmentos. O palestrante será o professor Marcos Cintra, uma das principais autoridades acadêmicas no Brasil quando o assunto é economia. Ele é PhD na área, docente da Faculdade Getúlio Vargas (FGV) e ex-secretário da Receita Federal. Também é autor da proposta do Imposto Único e colaborou na construção da PEC do Emprego, que visa superar os obstáculos da legislação, preservando a oferta de postos de trabalho. O primeiro-secretário da ACICG, Roberto Oshiro, explica que a palestra vai abordar diversas questões da reforma tributária, as implicações na vida do empresário sul-mato-grossense, bem como, nas gestões municipal e estadual. “Mudanças no sistema tributário podem gerar incertezas para as empresas, afetando o planejamento financeiro e a tomada de decisões. Por isso, é importante estar ciente dos desafios que virão”, informa. Para o presidente do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação de MS – SEAC MS, Daniel Felicio, a palestra oferece a oportunidade de compreender melhor as implicações da reforma, que está na fase de regulamentação, mas necessita de uma discussão mais aprofundada envolvendo toda a sociedade civil organizada. “A palestra trará considerações baseadas em estudos técnicos, com proposições modernas e aplicáveis que garantem o equilíbrio das contas públicas – incluindo aí a seguridade social, e o desenvolvimento da economia, com manutenção da arrecadação mas sem aumento nem deslocamento excessivo de carga tributária dentro no setor produtivo”, diz. Interessados podem se inscrever pelo link . As vagas são limitadas. A palestra “Reforma Tributária e seus impactos” também é realizada com o apoio do Insted e do Sebrae/MS.

Mais de 20 empresas participam do Feirão do Imposto que começa hoje

Até dia 25 de maio, produtos e serviços nos segmentos gastronômico, de cosméticos, vestuário, farmacêutico, entre outros, serão ofertados com a isenção de tributos. De hoje (20) até sábado (25), acontece em Campo Grande mais uma edição do Feirão do Imposto, iniciativa realizada pelo Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) que reúne ações de conscientização sobre a alta carga tributária no país. Durante a semana, mais de 20 empresas dos segmentos alimentício, cosméticos, vestuário, farmacêutico, acessórios, serviços de beleza, entre outros, participam da iniciativa. “Os estabelecimentos vão vender alguns produtos sem a cobrança de impostos e destacarão o valor dos tributos na formação do preço do produto, para demonstrar ao consumidor o quanto é cobrado pelo governo para que o cidadão adquira o item ou serviço que precisa”, explicou o coordenador do CJE, Willyan Francescon.  A maior parte das empresas fará a ação no sábado, considerado o Dia D do Feirão do Imposto. Além de Mato Grosso do Sul, outros 16 estados brasileiros estão participando da campanha, criada pela Confederação Nacional de Jovens Empresários (Conaje), a fim de chamar a atenção para os altos impostos que afetam o dia a dia dos cidadãos e dos negócios. Agenda De hoje até sábado, as lojas Zamanda Joias e Duzani Lingerie disponibilizam peças selecionadas sem o valor de impostos. Os estabelecimentos estão situados no mesmo endereço: Avenida Eduardo Elias Zahran,3.032, sala 11. Consumidores podem ter mais informações pelo telefone 99921-7954. De terça-feira a sábado (21 a 25/05), empresas do segmento alimentício oferecerão produtos do cardápio com preços reduzidos. O Funky Fresh, situado na Travessa Ana Vani, 51 – sala comercial 01, apresentará a bebida cappuccino cacau, o prato tomato sun-dried risoto (sem proteína) e o drink moscow mule como opções sem impostos aos consumidores. O atendimento ocorrerá das 11h às 23h. O Gairdín Campo Grande disponibilizará o sanduíche Chicago, chá de frutas silvestres e café espresso. O estabelecimento funciona das 14h às 19h30 e está situado na R. Jerônimo Paes Benjamin, 91, Jd. São Bento. O Bifão da Coophasul e o boteco do Bifão também aderiram ao propósito da ação e oferecerão o bifão acebolado isento de impostos. As unidades funcionam, respectivamente, na Rua Cotagipe, 923, Coophasul e Rua Euclides da Cunha, 1.102, Jardim dos Estados, das 11h às 22h. Os restaurantes Vila Raiano Massas e Pizzas e Terroir Vino e Cucina, localizados respectivamente na Av. Mato Grosso, 2505 – Vila Suissa e Rua Vitório Zeolla, 735, Carandá Bosque, oferecerão pratos selecionados na ação, assim como o Bella Vecchia Parmê e Pizza, que atenderá exclusivamente pelo Ifood. Detalhes podem ser obtidos pelo telefone 98202-5736. O mercado natural Green Souk também disponibilizará produtos selecionados sem o valor dos tributos. O estabelecimento funciona das 8h às 19h, na Rua Marquês de Lavradio, 380, Tiradentes. Informações pelo número 98146-0154. Já na quinta e sexta-feira (dias 23 e 24), a empresa Ibéria Cosméticos Profissionais, situada na R. Manuel Laburu, 166, no Jardim São Lourenço, oferecerá produtos capilares selecionados com isenção de impostos. O atendimento ao público será das 8h às 18h. Dia D Exclusivamente no sábado (25/05), Dia D do Feirão do Imposto, outros 17 estabelecimentos comerciais participarão da iniciativa vendendo produtos a preços reduzidos. A Casa Blanca Adega Bistrô comercializará chopp 340 ml por R$ 5,99. Fora da ação, o produto custa R$ 16,00. O restaurante está situado na R. Euclides da Cunha, 89, e o atendimento ocorrerá das 11h30 até as 22h30. Mais informações podem ser obtidas pelo número 99224-7747. O Pátio Central Shopping terá quatro lojas com itens selecionados disponíveis para os consumidores. A Badulaque apresentará brincos, colar e óculos, com reduções que variam de 40% a 66% nos preços. A First Class Home disponibilizará lençóis de solteiro e de casal, além de um tipo de tapete, com isenções de tributos oscilam de 21% a 26% no valor final do produto. A Chilli Beans terá quatro modelos de óculos com 15% de desconto, referente à retirada do imposto. A Anita Shoes também aderiu à ação e vai oferecer alguns produtos sem tributos. Ainda no Centro da cidade, a loja de roupas de ginástica Dasfit, na 7 de setembro, 1090, disponibilizará peças selecionadas sem impostos. O funcionamento será das 9h às 13h e mais detalhes podem ser obtidos pelo número 67 99904-7696. A Moniday, loja de aviamentos e artesanato localizada na Rua Maracaju, 388 – Centro, também participa da ação com alguns itens. O atendimento será das 7h30 às 17h. Mais informações pelo telefone 99605-1791. Serviços de beleza também integram a ação. O Studio Immanuelle Abraão Hair oferecerá unha acrílica com redução de 20% no preço e tratamentos capilares com até 30% de isenção. A empresa fica na Av. Dona Otilia Barcelos,531 no Jardim Jacy. O atendimento ocorrerá das 9h às 18h e mais detalhes podem ser obtidos pelo número 99343-0072.  O Studio Milena Ferreira, situado na Travessa Nelson Prudêncio,79, no bairro Vilas Boas, é outro estabelecimento que oferecerá tratamentos capilares sem imposto. O atendimento será das 7h às 18h. Mais informações pelo telefone 99102-2630. O segmento farmacêutico também participa esse ano. As 8 unidades da Farmácia Ultra Popular terão itens diversos com isenção do imposto. Os estabelecimentos estão localizados na Rua Doutor Arthur Jorge, 1836 – Centro; Rua Raquel de Queiroz, 928 – Aero Rancho; Rua Ministro José Linhares, 1014 – Vila Almeida; Rua Olímpio Klafke, 728 – Mata do Jacinto; Av Manoel da Costa Lima, 1492 – Piratininga; Av Tamandaré, 4682 – Jardim Seminário; Rua Yokohama, 1110 – Santo Amaro e Av Guaicurus, 3920 – Universitário. Carga Tributária Até 20 de maio, os brasileiros já pagaram R$ 1,4 trilhão em impostos aos governos federais, estaduais e municipais. Os sul-mato-grossenses foram responsáveis por arrecadar mais de R$ 1,5 bilhão desse montante, segundo informações do Impostômetro.

Sebrae inaugura ponto de atendimento na Associação Comercial de Campo Grande

Instituição amplia atendimento para ficar mais perto do empreendedor; posto é primeiro do país em projeto “Parceiro Sebrae” Por Assessoria de Imprensa do Sebrae/MS Foi inaugurado oficialmente nesta quinta-feira (16), o ponto de atendimento presencial do Sebrae na sede da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG). O local é mais uma opção para o empreendedor na Capital e é o primeiro do Brasil no projeto “Parceiro Sebrae”, que visa a ampliação do atendimento físico aos pequenos negócios, por meio da rede parceira territorial do Sebrae/MS. A medida foi possível a partir de um Acordo de Cooperação Técnica firmado entre o Sebrae, a ACICG e a Federação das Associações Empresariais do Mato Grosso do Sul (FAEMS). De acordo com o diretor de Operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, a parceria entre as instituições é fundamental para dar apoio aos empresários. “Juntos somos mais fortes e buscamos as soluções que são precisas para fazer o empreendedor prosperar. Nessa sala, com o Parceiro Sebrae, temos uma meta de atender 10 pessoas por dia. E queremos estender esse projeto, não somente em Campo Grande, mas em outros municípios de Mato Grosso do Sul. Nossa intenção é estar mais perto do empresário”, disse. O presidente da ACICG, Renato Paniago, afirma que atualmente há quase 10 mil associados na entidade e o ponto de atendimento também beneficiará a classe. “Ao firmarmos essa parceria, trazemos um leque de serviços que o Sebrae oferece. Temos uma expectativa muito grande de que a Sala potencialize nosso trabalho aqui, e que os nossos associados também possam aproveitar as ferramentas, tirarem dúvidas, resolver pequenas pendências, receberem orientações e capacitações”, destacou. A ampliação desse atendimento é importante para alcançar mais empreendedores. Somente em Campo Grande, há 117,3 mil pequenos negócios, e o microempreendedor individual representa a maior parte deles: 60,8%, com 71,3 mil MEIs. O conselheiro do Sebrae/MS e presidente do Sistema FAEMS, Alfredo Zamlutti, reforça a força da classe empresarial para a economia. “Em março de 2024, nós tínhamos 21,5 milhões de empresas, dos quais o nosso time, que são os pequenos, micro, médio e MEI, representa 20 milhões e 100 mil empresas. Isso dá um percentual de 93% dos casos. Dá para imaginar a força que nós temos, um papel fundamental na economia”, comentou. Projeto Parceiro Sebrae A iniciativa é voltada à ampliação dos canais de atendimento presencial que integram a rede parceira territorial do Sebrae e prevê a implantação de novos postos junto a 10 parceiros em Mato Grosso do Sul. O projeto é fruto de uma metodologia inspirada na ação “Sebrae Aqui”, criada e executada pelo Sebrae/SP. Segundo o gestor estadual do programa Sebrae Aqui, do Sebrae/SP, André Leonardo de Oliveira, a boa prática iniciada lá expandiu consideravelmente o atendimento presencial ao empreendedor. “Em São Paulo, nós temos o Sebrae Aqui e ele está servindo de referência para esse processo. A gente está chegando aproximadamente em 700 unidades, 150 delas com as nossas universidades. Queremos que essa parceria dê frutos para a sociedade”, declarou durante o lançamento do projeto Parceiro Sebrae na ACICG. Em 2024, o projeto foi nacionalizado no Sistema Sebrae, para que esse suporte alcance outras regiões do Brasil. Neste sentido, Mato Grosso do Sul lidera essa expansão. “O Sebrae precisa estar onde o cliente está. No ano passado o Sebrae fez 34 milhões de atendimentos a quase 14 milhões de clientes. É muita gente. Imagina com a ampliação da nossa rede parceira”, complementa a gerente adjunta de Relacionamento com o Cliente do Sebrae Nacional, Milva Capanema. Inicialmente, o Parceiro Sebrae prevê a implantação de novos postos em Mato Grosso do Sul junto a 10 instituições parceiras, contemplando todas as regiões do estado, nos seguintes municípios: Inocência, Paranaíba, Jardim, Aquidauana, Ponta Porã, Dourados, São Gabriel do Oeste e Chapadão do Sul. Atendimento Sebrae na ACICG No local, o microempreendedor individual (MEI) poderá buscar serviços gratuitos como formalização, regularização, entre outros. Como diferencial, também serão oferecidos produtos especiais para a gestão do negócio, com o foco nas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP). O atendimento do Sebrae/MS na ACICG é feito em sala localizada no 2º piso da Associação Comercial, cuja sede fica na Rua 15 de Novembro, nº 390, em Campo Grande. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Mais informações aos empreendedores estão disponíveis na Central de Relacionamento do Sebrae, no número 0800 570 0800.

ACICG é novo ponto do Sebrae para empreendedor em Campo Grande

Posto para atendimento aos pequenos negócios na sede da Associação Comercial é primeiro do país em projeto “Parceiro Sebrae”; Inauguração ao público ocorre nesta quinta-feira (16), às 14h30 A Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) será mais um ponto físico de atendimento do Sebrae/MS ao empreendedor. O posto será o primeiro do país pertencente ao projeto “Parceiro Sebrae”, nova estratégia nacional de ampliação do atendimento aos pequenos negócios. A inauguração ao público ocorre nesta quinta-feira (16), às 14h30, na sede da ACICG, localizada na Rua 15 de Novembro, nº 390. Para a implantação da parceria, o Sebrae/MS, a ACICG e a Federação das Associações Empresariais do Mato Grosso Do Sul (FAEMS) firmaram um Acordo de Cooperação Técnica na última quinta-feira, 9 de maio. “Essa parceria é muito importante, afinal nessa sala dentro da Associação Comercial teremos uma pessoa capacitada pelo Sebrae para fazer orientações, possibilitando o acesso de micro e pequenas empresas, produtores rurais e potenciais empresários a serviços, produtos e informações referentes à gestão empresarial, à tecnologia, à oportunidade de negócios”, destacou na ocasião o presidente da ACICG, Renato Paniago. No local, o microempreendedor individual (MEI) poderá buscar serviços gratuitos como formalização, regularização, entre outros. Como diferencial, também serão oferecidos produtos especiais para a gestão do negócio, com o foco nas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP). Projeto Parceiro SebraeA iniciativa é voltada à ampliação dos canais de atendimento presenciais que integram a rede parceira territorial do Sebrae e prevê a implantação de novos postos junto a 10 parceiros em Mato Grosso do Sul. O projeto é fruto de uma metodologia inspirada na ação “Sebrae Aqui”, criada e executada pelo Sebrae/SP. Em 2024, esse suporte está em fase de expansão para alcançar outras regiões do Brasil.Para o diretor de Operações do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, o trabalho contribui para fortalecer os pequenos negócios. “O Sebrae cada vez mais trabalha em rede e ao oferecer novos pontos de atendimento, fica mais próximo do empreendedor. Nosso principal objetivo é promover o empreendedorismo local a partir dessas iniciativas que fomentam a cultura empreendedora, a inclusão produtiva e a geração de renda”, disse. Serviço – Inauguração “Parceiro Sebrae” na ACICGData: 16 de maioHora: 14h30Local: ACICG – R. 15 de Novembro, 390, Campo Grande/MS

Feirão do Imposto é lançado na Associação Comercial

Organizada pelo Conselho de Jovens Empresários, iniciativa acontecerá de 20 a 25 de maio. Empresas interessadas em participar podem se inscrever pelo telefone 67 99242-7989. O Conselho de Jovens Empresários (CJE) da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) lançou na noite desta terça-feira (07/05) mais uma edição do Feirão do Imposto.  O evento reuniu cerca de 40 pessoas, entre lideranças empresariais e empresários apoiadores da iniciativa, na sede da entidade na Capital. Este ano, as ações de conscientização sobre a alta carga tributária serão concentradas na semana de 20 a 25 de maio, sendo 25 de maio considerado o dia D do feirão.  Até o momento, pelo menos 14 empresas de diferentes ramos confirmaram a adesão ao movimento, sinalizando que irão vender alguns produtos sem a cobrança de impostos ou destacarão o valor dos tributos na formação do preço do produto, para demonstrar ao consumidor o quanto é cobrado pelo governo para que o cidadão adquira o bem ou serviço que precisa ou deseja. Os organizadores também estão reunindo empresas do setor alimentício, a fim de criar uma rota gastronômica com estabelecimentos comercializando pratos e bebidas sem cobranças de tributos. Durante o evento, o presidente da ACICG, Renato Paniago, revelou que até 7 de maio, os brasileiros já pagaram R$ 1,3 trilhão em impostos aos cofres públicos. Com a reforma tributária, muitos setores irão ter aumento de tributos, como o segmento de serviços, que deve chegar a ter 25%. “A carga tributária já é muito alta e é difícil para o empresário pagar e administrar isso. A reforma tributária veio com intenção de desburocratizar, mas, até onde avaliamos, ela irá dobrar a burocracia e a complexidade, pois será necessário que o empresário use os dois regimes tributários durante oito anos. Isso terá um impacto grande para as empresas”, disse. A ACICG acompanha o andamento da reforma tributária com representantes da Frente Parlamentar do Comércio, Serviços e Empreendedorismo, em Brasília, para atualizar empresários locais sobre o assunto. “Ações como a do feirão são importantes, pois alertam a população sobre o peso dos impostos no custo de vida. Além disso, também faz com que os empresários analisem todos os tributos envolvidos na precificação dos seus produtos”, explicou o coordenador do CJE, Willyan Francescon. Empresas participantes A adesão de empresas ao Feirão do Imposto segue aberta até o dia 20 de maio. Podem participar empreendimentos de qualquer segmento dispostos a fazer ações de conscientização para demonstrar o peso dos impostos no bolso do consumidor, por exemplo, a venda de itens sem o valor do imposto. Já confirmaram participação no evento: Pátio Central Shopping, Casa Blanca Adega e Bitrô, Dasfit Sport, Badulaque, Stúdio de Beleza Milena Ferreira, Zamanda Joias, Immanuelle Abrahão Beathy House, Ibéria Comércio e Gestão, Green Souk, Duzani Lingerie, Terroir Vino e Cucina, Monydai Aviamentos e Artesanatos, Ultra Popular e Universo Popular.         Outras empresas interessadas em participar da ação podem entrar em contato com a coordenadora do Feirão do Imposto, Beatriz Jhonson, pelo telefone 67 99242-7989 para obter mais informações. Criado em 2002, o Feirão do Imposto acontece anualmente em todo o Brasil e é idealizado pela Conaje – Confederação Nacional de Jovens Empresários. Em Campo Grande, o evento é organizado por lideranças do Conselho de Jovens Empresários da ACICG.

Em prol do Rio Grande do Sul, ACICG pede doações para a campanha solidária da Federasul

Visando colaborar com o auxílio das vítimas da tragédia climática que assola o Rio Grande do Sul, a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) está apoiando a Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul) na campanha solidária em prol das famílias que tiveram suas casas atingidas pelas enchentes do estado. Os fundos serão destinados à compra de itens fundamentais aos desabrigados. O presidente da entidade, Rodrigo Sousa Costa, destacou que a primeira ação será a compra de cobertores. “Nossa meta é arrecadar recursos para adquirir cobertores por apenas R$ 11,00 cada, graças a uma fábrica comprometida com a nossa causa. Cada doação que recebermos nos ajudará a alcançar esse objetivo e fornecer um pouco de conforto nesta hora difícil para aqueles que precisam”, explicou. A ACICG reforça que toda a contribuição é bem-vinda, independentemente do valor que possa ser doado. “A doação de recursos financeiros é a estratégia mais assertiva no momento, pois é possível resolver a assistência emergencial de alimentação, higiene e outras finalidades de forma mais rápida, comprando localmente os suprimentos necessários. Devido à dificuldade com a logística de entrega, as doações físicas demorariam muito a chegar a quem precisa”, informa o presidente da ACICG, Renato Paniago. As doações podem ser feitas por PIX: sosrs@federasul.com.br ou através de depósito em conta da Federasul aberta exclusivamente para a campanha no Sicredi: 011601229-5.

Dia das Mães: 66% dos empresários esperam vender mais este ano, diz Associação Comercial

Levantamento realizado pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) com empresários da Capital revelou que 66% dos entrevistados esperam vender mais no Dia das Mães deste ano em relação a 2023. A comemoração acontecerá no dia 12 de maio, segundo domingo do próximo mês.  Desse percentual, a maioria, ou seja, 29,70%, crê em uma alta de 11% até 20% e 25,74% dos entrevistados avaliam que podem superar as vendas em até 10%. Quase 11% dos empresários estão ainda mais otimistas e acreditam que as vendas serão superiores a 21% quando comparados ao mesmo período do ano passado. Para 26,3% dos entrevistados, o volume de vendas para a data deve resultar no mesmo patamar de 2023. A pesquisa também revelou que, para 6,93%, a expectativa é de que haja queda nas vendas este ano.  Em relação ao ticket médio dos consumidores, 42,57% dos empresários esperam vender de R$ 101,00 a R$ 200,00. Para 29,70%, o valor do presente será superior a R$ 201,00. Já 18,81% acreditam que o investimento dos clientes deverá ser de R$ 51,00 a R$ 100,00. Apenas 4% acreditam que o valor será de até R$ 50,00.  Pensando em alavancar as vendas, 92% dos respondentes informaram que farão alguma ação nesta data. Facilitar os prazos de pagamento, criação de promoções, ofertas exclusivas e campanhas nas redes sociais são estratégias sinalizadas pelo setor para atrair o público.  O vice-presidente da ACICG, Omar Aukar, explica que o Dia das Mães é uma das datas mais aguardadas pelo comércio e ajuda a impulsionar o faturamento das empresas de vários setores. “O Dia das Mães é uma data com apelo emocional grande e que por isso traz inúmeras oportunidades comerciais, porque a maioria das pessoas procura presentear. Alguns segmentos acabam se destacando, como moda, calçados, acessórios, perfumaria e floricultura. Mas o setor de serviços também deve faturar com a data, como a área de estética e de alimentação. Muitas famílias saem para celebrar o domingo, o que beneficia muitos restaurantes, por exemplo”, avalia Aukar. A pesquisa Perspectivas para o Dia das Mães de 2024 foi realizada com 101 empresários dos setores de vestuário, perfumaria, eletrônicos, alimentação, joias, entre outros serviços, entre os meses de março e abril.

Associe-se

Cadastro realizado com sucesso!

Em breve você receberá nosso contato.