Produtos juninos podem ter mais da metade do seu valor em encargos

Fonte: IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação

Festa de tributos: produtos juninos podem ter mais da metade do seu valor em encargos

O mês de junho é famoso pelas típicas quermesses e pelos festejos tradicionais desta época do ano. Mas o Fisco também pretende participar, ou melhor, estragar as brincadeiras, abocanhando grande volume de tributos embutidos nos preços dos produtos consumidos nas festas juninas. E neste caso, nem os Santos festejados, Santo Antônio, São João e São Pedro podem ajudar. Inclusive até mesmo suas imagens são tributadas: 51,52% dos seus preços em tributos.

Segundo o estudo feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT, entre os itens mais tributados nesta ocasião estão: o quentão e os fogos de artifício, ambos com 61,56% de tributos e o vinho quente, com 54,73%. Mesmo os quitutes que possuem um valor mais acessível, não escapam dos encargos que já vêm embutidos  e muitas vezes impedem que sejam consumidos fazendo a alegria de todos. A incidência tributária é de 36,54% na cocada ou no amendoim, 35,38% na canjica, 34,99% na pipoca e 24,07% no pinhão.

E quem pretende curtir a festa caracterizado, de fato precisará remendar o bolso depois de tantos tributos, nas vestimentas: os encargos chegam a 34,67% na camisa xadrez e no vestido, 33,95% no chapéu de palha e 36,17% na bota de caubói.

 

De acordo com o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike, existe um exagero de tributação no Brasil, principalmente sobre o consumo, onde os preços de todos os produtos vêm carregados de tributos. “Em desacordo com o princípio da seletividade, pela sua essencialidade, os itens básicos de consumo sofrem com a alta carga tributária, o que deveria ocorrer em menor grau, já que se trata de alimentos comuns à mesa do brasileiro durante todo o ano, afirma Olenike.

Produto Carga tributária
Amendoim

36,54%

Camisa xadrez

34,67%

Canjica

35,38%

Chapéu de Palha

33,95%

Cocada

36,54%

Refrigerante (lata)

46,47%

Refrigerante (garrafa)

44,55%

Vestido típico

34,67%

Pé de moleque

36,54%

Pipoca

34,99%

Fogos de Artifício

61,56%

Fubá

25,28%

Milho cozido

18,75%

Pinhão

24,07%

Quentão

61,56%

Vinho

54,73%

Bota

36,17%

Imagem de Santo

51,52%