Nome Limpo: Campo-grandenses negociaram mais de R$ R$2,5 milhões em dívidas

Campanha aconteceu de 20 de novembro a 15 de dezembro; Mais de 12 mil pessoas foram atendidas, e quase 3 mil títulos foram excluídos do SCPC

 

A 12ª edição da campanha de Recuperação de Crédito Nome Limpo, promovida pela Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) em parceria com a Boa Vista Serviços/SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), negociou para o comércio da Capital mais de R$2,5 milhões, no período 20 de novembro a 15 de dezembro. O montante superou em 66,67% o valor de recuperação esperado para todo o período, e representa a exclusão de 2.846 títulos do banco de dados do SCPC. Durante toda a campanha mais de 12 mil pessoas foram atendidas na ACICG e nas empresas participantes.

 

“Estamos muito felizes com os resultados da Campanha neste ano, principalmente com a diversidades de segmentos que aderiram, como por exemplo escolas de ensino regular e cursos profissionalizantes, loja de semijoias, calçados e acessórios, além das empresas que tradicionalmente já participam, como as concessionárias de água e energia”, comemorou a gerente comercial da ACICG, Letícia Ribeiro.

 

Para Letícia, o resultado é extremamente positivo, e os consumidores estão mais conscientes diante do cenário econômico do País. “Ultrapassamos as expectativas dos valores negociados confirmando em mais uma edição a efetividade dessa campanha na recuperação dos créditos para as empresas, e fazendo o dinheiro voltar circular na economia local. Cumprimos o objetivo de disseminar o método de conciliação como ferramenta de negociação, para oportunizar ao consumidor condições especiais para quitar seus débitos e, principalmente, auxiliar as empresas a recuperar o créditos que já consideravam perdidos”, finalizou.

 

Nome Limpo: O maior feirão de negociação de Mato Grosso do Sul acontece desde 2006, e tem por objetivo promover a sustentabilidade do crédito ao viabilizar a quitação dos débitos inscritos no SCPC de Campo Grande, contemplando os setores varejista e de serviços. Em 2016, graças a campanha, quase 14 mil pessoas foram atendidas para consultas a débitos somente na ACICG, e mais de R$1,3 mi foram recuperados para o comércio de Campo Grande.